Screenshot do trailer de Death Stranding

Death Stranding será game de ação em mundo aberto

Ame ou odeie Hideo Kojima, se tem uma coisa que todo mundo concorda sobre ele, é que o cara sabe criar hype. E é exatamente o que já começou a acontecer com Death Stranding, o primeiro trabalho do diretor após sua saída turbulenta da Konami.

Durante uma conferência na Tokyo Game Show, foram reveladas as primeiras informações sobre o game, depois do trailer misterioso da E3. Segundo Kojima, Death Stranding será um jogo de ação, acontecendo em um mundo aberto, mas que ainda possuirá uma história, talvez algo semelhante a MGS V (Provavelmente com mais cutscenes).

Além disso, o diretor comentou que o game terá elementos online, e é aí que ele aplicou a famosa “criação de hype”. Sem entrar em muitos detalhes, Kojima comentou que busca “um novo tipo de ação”, levando um modo multiplayer para além de batalhas. Ainda haverá ação, mas ele também deseja que Death Stranding faça os jogadores se conectarem de outras formas, criando “links” (ou fios, um trocadilho com Strands, do título).

Hideo Koijma apresentando uma conferência e atrás dele um slide com 4 personagens desenhados de mãos dadas
Hideo Koijma em sua apresentação na Tokyo Game Show. (Divulgação/Sony)

Informações suficientes pra deixar todo mundo interessado, porém ainda não sabemos sobre datas, apenas que Death Stranding já tem sua própria engine, e que a Kojma Productions está começando o desenvolvimento pleno do game. Por enquanto, só nos resta esperar, e tentar controlar a ansiedade.[:en]Ame ou odeie Hideo Kojima, se tem uma coisa que todo mundo concorda sobre ele, é que o cara sabe criar hype. E é exatamente o que já começou a acontecer com Death Stranding, o primeiro trabalho do diretor após sua saída turbulenta da Konami.

Durante uma conferência na Tokyo Game Show, foram reveladas as primeiras informações sobre o game, depois do trailer misterioso da E3. Segundo Kojima, Death Stranding será um jogo de ação, acontecendo em um mundo aberto, mas que ainda possuirá uma história, talvez algo semelhante a MGS V (Provavelmente com mais cutscenes).

Além disso, o diretor comentou que o game terá elementos online, e é aí que ele aplicou a famosa “criação de hype”. Sem entrar em muitos detalhes, Kojima comentou que busca “um novo tipo de ação”, levando um modo multiplayer para além de batalhas. Ainda haverá ação, mas ele também deseja que Death Stranding faça os jogadores se conectarem de outras formas, criando “links” (ou fios, um trocadilho com Strands, do título).

Hideo Koijma apresentando uma conferência e atrás dele um slide com 4 personagens desenhados de mãos dadas
Hideo Koijma em sua apresentação na Tokyo Game Show. (Divulgação/Sony)

Informações suficientes pra deixar todo mundo interessado, porém ainda não sabemos sobre datas, apenas que Death Stranding já tem sua própria engine, e que a Koijma Productions está começando o desenvolvimento pleno do game. Por enquanto, só nos resta esperar, e tentar controlar a ansiedade.

Deixe uma resposta