Estante com dezesseis espaços, onde em cada um há um console antigo diferente, como o GameCube e o Nintendo 8-bits

Como fazer a manutenção de seu console retrô – Parte 1

Imagine a seguinte situação. Feriado, você e seus amigos decidem juntar-se para aquela boa e velha jogatina tradicional, dividindo o sofá, a TV e dando boas risadas juntos. Por sorte, um deles possui o clássico Nintendo 64, empoeirando entre algumas caixas de papelão em sua garagem. Decidem então desenterrar o velho combatente, alguns cartuchos de jogos, controles, cabos, nada que algumas “assopradas” não coloque tudo em ordem. Tudo instalado corretamente. A expectativa nas alturas, a nostalgia tomando conta de todos ao ouvir os sons característicos, do encaixe dos cartuchos no console ao clique do botão “Power”. Porém algo está errado, a imagem do jogo na tela teima a aparecer. Algumas tentativas depois, a frustração começa a substituir a empolgação no coração de todos, que ansiavam voltar aos tempos românticos dos games, ao menos por uma tarde.

A história acima parece triste, porém ela é bem verdadeira. Pode acontecer com todos aqueles que possuem (ou gostariam de possuir) consoles e jogos retrôs, e não dão a devida importância para a manutenção e conservação. Embora os eletrônicos antigos (incluindo os videogames) tenham alta durabilidade, sem um cuidado especial, podem deixar de proporcionar muitos anos de diversão. E para evitar mais frustrações, darei aqui algumas dicas de limpeza e manutenção de games, controles e jogos antigos. Que a jogatina dure por muitos anos!

Aquela limpeza básica

Para videogames antigos, principalmente aqueles com mais de 15 anos de existência e longos anos guardados, a recomendação inicial é: nunca ligarmos diretamente na energia elétrica. Mas por quê? A ação do tempo pode desgastar alguns componentes, como capacitores por exemplo, que quando danificados, vazam um óleo que oxida e compromete o funcionamento do resto da placa. Nesses casos, o ideal é procurarmos um bom técnico em eletrônica de confiança, ou mesmo uma assistência especializada em videogames antigos, para fazer a substituição da peça ou da placa defeituosa. Entretanto, caso você tenha certeza que o aparelho funcione corretamente e faz apenas alguns meses que deixou de ligá-lo, ou para aquele game que funcionava tão bem ontem e hoje não mais, temos algumas soluções mais simples, porém igualmente eficazes. Mãos à obra!

Para uma limpeza eficaz, precisamos dos materiais certos, eis a lista:

  • Uma flanela limpa, ou pano de microfibras;
  • Alguns cotonetes;
  • Detergente neutro;
  • Um frasco de álcool isopropílico (um tipo de álcool mais puro, encontrado em casas de eletrônica)
  • Uma borracha escolar macia;
  • Uma escova de dente velha (não vale ser da irmã hein?);
  • Um pincel com cerdas macias;
  • Palitos de dentes;
  • Um spray limpa contatos (também encontrado facilmente em casas de eletrônica);
  • Algumas folhas de papel toalha;
  • Um cartão de banco sem uso;
  • Chave de fenda ou philips;
  • Chave Gamebit para consoles e cartuchos Nintendo (são encontradas em sites de venda coletiva na internet).

foto0

 

Começando pelo console em si, o primeiro passo é remover o grosso da poeira “varrendo” com o pincel. Use-o nas pequenas frestas, saídas de ar e em cantos de difícil acesso.

foto1

Após retirar a sujeira superficial, prepare uma solução de água com um pouco do detergente neutro. Pegue a escova de dente e molhe com cuidado as cerdas, então esfregue levemente as partes mais sujas da carcaça do videogame. Tome cuidado com partes mais sensíveis, como logos e adesivos, trocando a escova de dente por uma esponja macia se necessário. Mantenha sempre a flanela por perto, secando possíveis excessos de água que possam escorrer para partes internas do aparelho.

foto2

Após a limpeza externa, hora de limparmos o slot onde se encaixa os cartuchos. Pegue uma folha de papel toalha, dobre-a e cubra o cartão de banco, como num envelope. Com o álcool isopropílico em mãos, umedeça umas das pontas do papel e “encaixe” o cartão no slot. Você notará que o papel sairá sujo, basta repetir algumas vezes o processo até o papel toalha sair limpo do conector. Tome cuidado para não entortar os pinos.

foto3

Em seguida, umas borrifadas de spray limpa contato e tudo estará como novo.

foto4

No caso de videogames com leitores ópticos, o procedimento é simples, porém mais cuidadoso. Umedeça um cotonete com o álcool isopropílico e esfregue levemente sobre a lente, em movimentos circulares (não aperte!). O álcool removerá qualquer sujeira ou gordura que atrapalhe a leitura do disco. Com a outra ponta seca do cotonete, refaça o procedimento para remover excessos. Jamais assopre.

foto4b

Com essas dicas você poderá manter seu console limpo e funcionando por mais tempo. Fiquem ligados, pois na próxima semana cobriremos a limpeza dos joysticks e cartuchos!

Deixe uma resposta