Ryu, Morrigan e Dante enfrentam Ken, Jill e MegaMan X na arte de divulgação de Puzzle Fighter

Puzzle Fighter renasce nos smartphones

A notícia de um novo Puzzle Fighter alegrou muita gente, só pra depois desanimar com o fato de que o novo game seria para celulares. Mas o fato é que o jogo chegará em breve, e talvez ele faça um bom trabalho em manter a essência do original, mesmo com as tradicionais mudanças feitas em jogos gratuitos para celular.

 

Ok, caso você nunca tenha jogado o original, deixe-me recapitular brevemente. Super Puzzle Fighter foi um jogo lançado em 1996 que misturava os personagens de Street Fighter e Darkstalkers, e a jogabilidade do Tetris. Dois jogadores se enfrentam tentando formar o maior bloco possível de pedras de uma mesma cor, para depois quebra-lo com gemas especiais. Com isso os lutadores realizavam seus golpes, e enchiam a tela do adversário com gemas inúteis. O objetivo era fazer o oponente preencher sua tela para perder.

E é na condição de vitória que a versão mobile já traz uma grande diferença. Agora os dois personagens tem sua própria barra de vida, e o objetivo e acabar com ela, como nos jogos de luta tradicionais. Encher a tela do inimigo até o topo faz com que ele sofra uma grande quantidade de dano, o que pode virar a batalha a seu favor.

M.Bison e Megaman se enfrentam no topo da tela, enquanto na parte debaixo, o quebra cabeças tradicional de Puzzle Fighter aparece.
Agora, não basta apenas encher a tela do seu oponente, será necessário esgotar a barra de vida dele. (Fonte: NEOGAF)

Os lutadores também contam com uma barra de especial, e os supers são ativados ao clicar em um botão específico quando ela está cheia. Outra mudança, é que caso você leve um diamante até a base do seu campo, sem tocar em qualquer outra pedra, sua barra de especial encherá mais rápido.

Outra grande mudança, é que ao invés das lutas serem 1×1, você também seleciona outros 2 lutadores que o acompanham como os “assists” de Marvel vs Capcom. Eles também podem ter efeitos variados, como aumentar seu dano ou recuperar energia.

Free 2 Play

Sim, como todos os jogos desta leva mobile, Puzzle Fighter é Free to Play. E como sempre, existe uma espécie de dinheiro ingame e outra que você precisa comprar com dinheiro real, e normalmente te ajuda a acelerar as coisas e comprar personagens rapidamente.

Você começa com três lutadores disponíveis, e pode conseguir novos personagens e golpes especiais em um sistema aleatório. Jogadores que não quiserem gastar dinheiro podem tentar a sorte no sistema algumas vezes por dia gratuitamente, e quem usar dinheiro real pode acelerar este processo. É até que uma forma de manter as coisas equilibradas.

A tela de configuração da Chun-Li, com dois golpes especiais disponíveis
Você pode gastar dinheiro ganho no próprio jogo para melhorar os golpes dos personagens (Fonte: NEOGAF)

E você não leu errado, também é possível conseguir novos golpes especiais. Cada personagem possui uma variedade de golpes, porém, apenas dois podem ser equipados em cada batalha. Eles também podem ser melhorados, e conforme você faz upgrade dos especiais, os personagens também sobem de nível e se tornam mais fortes.

Os combatentes de Puzzle Fighter:

A lista inicial de lutadores inclui os seguintes personagens:
-Ryu
-Chun Li
-Ken
-M. Bison
-Nash
-Dan
-E. Honda
-Frank West (Dead Rising)
-Chuck Greene (Dead Rising 2)
-Megaman X
-Morrigan (Darkstalkers)
-Haggar (Final Fight)

Mas também já foram confirmadas outras adições, como Dante, Jill, Blanka e Phoenix Wright.

Por enquanto o game recebeu o que é chamado de “Soft Launch”, ou seja, ele foi lançado em apenas alguns países. Sendo eles, Austrália, Canadá, México, Hong Kong, Singapura e Malásia. Segundo a Capcom, o resto do mundo poderá baixar Puzzle Fighter ainda neste ano, tanto no Android quanto no iOS.

Deixe uma resposta