Console Super Nt cercado de fitas de SNES

Super Nt: a nova opção para jogar seus clássicos em alta definição

Os consoles clones tiveram um papel fundamental em expandir a indústria dos jogos eletrônicos nos mercados emergentes, como no Brasil entre as décadas de 80 e 90, por exemplo. Quem não se lembra dos famosos Phantom System ou Turbo Game, clones do NES? Embora tenham saído dos holofotes, seu legado nunca terminou. Tanto que atualmente os novos clones são vistos por aqueles que os produzem como um meio confiável de preservar a história dos games. Manter um hardware original de 30 anos funcionando não é tarefa fácil, e os clones oferecem exatamente isso, um videogame atualizado, com tecnologia de ponta, mas sem perder as características e compatibilidades originais. Pensando em tudo isso, a Analogue.co lançará em 2018 o Super Nt, clone 16-bit do nosso saudoso (e por que não um dos melhores consoles de todos os tempos!) Super Nintendo Entertaiment System, ou SNES.

O Super Nt na verdade é uma continuação de outro clone já lançado pela empresa, o Nt mini, inspirado no Nintendinho original, e segue na mesma linha. O console é baseado em um FPGA (Field Programmable Gate Array) que consiste em um chip totalmente customizável. Nesse único chip, engenheiros podem simular os processadores principais e de apoio do hardware do Super Nintendo. Isso permite uma janela grande de compatibilidade com mais de 2.200 cartuchos de jogos, nos padrões americano e japonês. Além de ser compatível também com os controles tradicionais e acessórios dos anos 90, que vão do Super Gameboy a Mario Paint. Lembrando, o Super Nt não é um emulador.

Caixa do Super NT com o console na cor preta
Uma das versões do Super Nt será na cor preta (Divulgação)

Com preço de pré-venda a US$ 190 e um design arrojado e moderno, o Super Nt será lançado em 4 cores diferentes. Uma inspirada na versão americana e mais conhecida por aqui (branco com botões roxos), outra na versão japonesa, conhecida como Super Famicom, além de uma versão totalmente preta e outra transparente.

Quatro Super Nts nas diferentes versões, preto, transparente e as baseadas nos consoles originais
Os quatro modelos disponíveis do Super Nt no lançamento do console (Divulgação)

O console infelizmente não acompanha o controle em seu pacote. Para compensar, a Analogue se uniu com a 8Bitdo para criar 4 versões customizadas do joystick sem fio SN30, combinando com o design dos aparelhos. Caso você não possua mais seus controles de SNES originais, talvez queira desembolsar mais US$ 50 pela opção sem fio.

Controles sem fio desenvolvidos pela 8Bitdo para o console
Controles sem fio desenvolvidos pela 8Bitdo para o console, que também virão nas mesmas cores (Divulgação)

Especificações do Super Nt

Compatibilidade:

  • Cartuchos de SNES e Super Famicom (japonês)
  • Sem trava de região

Vídeo:

  • HDMI 1080p/720p/480p
  • Suporta os padrões NTSC e PAL
  • Zero lag, zero degradação de sinal

Áudio:

  • 48KHz 16 bit
  • Áudio digital via HDMI

Recursos especiais:

  • Compatibilidade com controles originais via porta frontal
  • Suporte a cartão SD (atualização do firmware)

Outros recursos:

  • Opção de Scanline
  • Opção de Scaler
  • Ajuste de imagem horizontal e vertical

Deixe uma resposta